BÁRBARA DOS PRAZERES | 009



Bárbara dos Prazeres, também conhecida como Onça, foi uma assassina cereal serial e prostituta que viveu no Rio de Janeiro em 1800 e bolinha, matando crianças e bebendo seu sangue, que, acreditava, iria curá-la da lepra Hanseníase. A polícia carioca, é claro, nunca conseguiu capturá-la, e só melhorou um pouco sua imagem depois de forjar sua morte com um corpo boiando na Baía de Guanabara (que, como se pode ver, era poluída desde aquela época).
Bárbara dos Prazeres teria morrido ou desaparecido no ano de 1830. Há uma lenda urbana que afirma que estaria viva até hoje. Há quem diga que o Arco do Telles é mal-assombrado por uma figura feminina e que na madrugada quando os botecos e restaurantes estão fechados ouve-se gargalhadas e que se pode avistar a silhueta bem desenhada de uma mulher. Abandonando um pouco os exageros que assombram a trajetória dessa figura, partindo para realidade comprovada, resgatamos a história de uma mulher que rompe com os padrões pré-estabelecidos, em um momento histórico em que o perfil e comportamento feminino esperado era a clausura.
O que se sabe é que sua história assustadora e trágica perdurou mais do que perdurou sua vida. Dizem que até hoje em certas madrugadas sem lua quando já partiram os últimos garçons dos bares da travessa do comércio e cessou o movimento da boemia escuta-se no beco a gargalhada de Bárbara dos Prazeres ecoando assustadoramente pelos vazios escuros do Arco do Teles.
Bibliografia:


REZZUTTI, Paulo. Mulheres do Brasil: A história não contada. 1 ed. Rio de Janeiro: Leya, 2018.

ENGEL, Magali Gouveia. Os delírios da razão: médicos, loucos e hospícios (Rio de Janeiro, 1830-1930). – Rio de Janeiro, FrioCruz, 2001.

FILHO, Alexandre José Melo Morais. Chronica geral e minuciosa do Imperio do Brazil desde a descoberta do Novo Mundo ou America ate o anno de 1879. – Rio de Janeiro: Typographia-Carioca, 1879.

FILHO, José Melo Morais. História e costumes. – Rio de Janeiro: H Garnier Livreiro Editor, 1904.

RIBEIRO, Fernando Barata. Crônicas da Polícia e da Vida do Rio de Janeiro. – Rio de Janeiro: Departamento de Imprensa Nacional, 1958.

SCHUMA, Schumaher. RIBEIRO, Sandra. Bárbara dos Prazeres: uma história curiosa (século XVIII). Disponível em: <http://www.mulher500.org.br/wp-content/uploads/2017/06/247_Barbara_dos_Prazeres.pdf>. Acesso em: 11 jun. 2018.

NOS APOIE!

Apoia.se: https://apoia.se/cdc
Picpay: https://app.picpay.com/user/cena.crime
https://www.catarse.me/ajudeocenadocrime


Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSTAGRAM FEED

@cenadocrimepodcast