MARY BELL | CDC 004


Isabelle Reis e Juliana Melo, psicóloga e escritora, desmembram a vida de uma menina de 11 anos, morada de Newcasttle, na Inglaterra da década de 60, que assassinou dois meninos com suas próprias mãos. Mary Bell seria ou não psicopata? Ela poderia estar ou não em liberdade?

Este é um episódio para a campanha #OPodcastédelas.


APOIE O CENA DO CRIME:


Bibliografia:
Por que crianças matam - Gitta Sereny
http://intertemas.toledoprudente.edu.br/index.php/ETIC/article/view/7299/67647558
https://s3.amazonaws.com/academia.edu.documents/50903203/REVISTA-Sindromes_2013.pdf?AWSAccessKeyId=AKIAIWOWYYGZ2Y53UL3A&Expires=1552513730&Signature=p4tju7pwraWRnTPVeR%2B8BJe8oeg%3D&response-content-disposition=inline%3B%20filename%3DTranstornos_e_desvios_de_conduta_Mutismo.pdf#page=7
http://www.scielo.mec.pt/pdf/aps/v28n1/v28n1a16.pdf
https://super.abril.com.br/mundo-estranho/criancas-assassinas-mary-bell-a-estranguladora-mirim/
http://paixaoassassina.blogspot.com/2013/04/mary-bell-parte-ii-gritos-no-vazio.html
https://psicologia-forense.blogspot.com/2012/11/caso-mary-bell.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSTAGRAM FEED

@cenadocrimepodcast