sexta-feira, 1 de março de 2019

SUZANE VON RICHTHOFEN | CDC 003





Marcus Souza, bacharel em direito e pós graduando em criminologia, e Isabelle Reis, refazer os

passos da família Von Richthofen, na tentativa de entender o que levou Suzane Von Richthofen e o namorado, Daniel Cravinhos, a arquitetarem o assassinato dos pais da menina.


Suzane e Daniel conheceram-se em agosto de 1999 e começaram um relacionamento pouco tempo depois. Ambos tornaram-se muito próximos, mas o namoro não tinha o apoio das famílias, principalmente dos Richthofen, que proibiram o relacionamento. Suzane, Daniel e Cristian então criaram um plano para simular um latrocínio e assassinar o casal Richthofen, assim os três poderiam dividir a herança de Suzane.

No dia 31 de outubro de 2002, Suzane abriu a porta da mansão da família no Brooklin, em São Paulo, para que os irmãos Cravinhos pudessem acessar a residência. Depois disso eles foram para o segundo andar do imóvel e mataram Manfred e Marísia com marretadas na cabeça.

Bibliografia:


Ilana Casoy - Casos de Família


Mentes Perigosas - Ana Beatriz Barbosa


Vídeografia:


Suzane Von Richthofen - Programa do Gugu em 2016

Investigação Criminal - Suzane Von RichthofenJornal Nacional: Suzane, Daniel e Cristian confessam o assassinato do casal RichthofenFantástico: Trechos da gravação dos depoimentos de Suzane e Irmãos Cravinhos no julgamento

Isabelle Reis tem 25 anos, é jornalista policial, escritora e podcaster. Com o seu primeiro projeto na podosfera, o Cena do Crime, foi selecionada para o Arte Sônica Amplificada, projeto que potencializa mulheres da área do som, em parceria com o British Council, além de fazer parte da produção do evento de podcasts no Rio de Janeiro, o Essa Parada. Como jornalista, Isabelle já trabalhou na Rede Bandeirantes e se especializou em jornalismo investigativo e local, com cursos na ABRAJI e em universidades como a Columbia. Também já lançou três livros, dentre eles, dois romances policiais

1 comentários:

  1. Suzane Von Richthofen e Daniel Cravinhos: a loucura de uma intensa paixonite passageira e a explosão de rebeldia adolescente da “princesinha de classe alta” como estopim para a manifestação da mente psicopática. Ela não é a única criminosa com traços de psicopatia que teve uma boa infância, nascida em berço de ouro, tendo uma boa vida, pra simplesmente jogar tudo no lixo. Gostei da lembrança desse fato: muitos criminosos demonstram brilhantismo em certos aspectos, mas desatenção, negligência e leviandade em outros, e isso acaba custando sua prisão, aliás, tem vários casos assim de criminosos pegos, e alguns são até de causar perplexidade. Interessante o enquadramento da Suzane como fronteiriça. A impressão que tenho da Suzane é de ausência de sentimento/empatia, seus olhos tentam passar algo que gritantemente não está ali; curiosamente, isso meio que confere um certo carisma a ela. E a série indicada “Dexter” é uma ótima recomendação, já que além de assassinato temos drama e comédia também, tornando a trama mais leve e digerível para uma maior parcela de pessoas.

    ResponderExcluir

img

Jessica Emmanuela Kemu

@jehemmanuela

A forma como a Isa conta as histórias, como envolve os ouvintes é encantador, e por mais que as histórias sejam sobre tragédias, ela tem uma enorme responsabilidade ao conduzir os fatos, respeitando as vítimas e o que elas passaram, sem sensacionalismo e super transparente!

img

Daniel Guerra

Cena do Crime é um bom podcast sobre um assunto que ainda é raro na podosfera. Crimes e Serial Killers. Recomendo!

img

Cristiane Ferreira

@crissferrer

O Cena do Crime é um trabalho de muito respeito e pesquisa. Acho incrível a forma como se posicionam, sem tentarem expor uma verdade absoluta e se mantendo numa zona de entusiasmo em relação à Criminologia.

Financiamento coletivo

AJUDE O CENA

R$ 5

por mês
  • O podcast sobrevive *-*
  • Reuniões Exclusivas
  • Agradecimento nos episódios
  • Revista Mensal

R$ 10

por mês
  • O podcast sobrevive *-*
  • Reuniões Exclusivas
  • Agradecimento nos episódios
  • Revista Mensal

R$ 20

por mês
  • O podcast sobrevive *-*
  • Reuniões Exclusivas
  • Agradecimento nos episódios
  • Revista Mensal
Contato

MANDE UM E-MAIL

SINTA-SE EM CASA

Contato e Informação

Neste espaço você pode mandar sugestões, elogios e críticas para a melhor construção do podcast. Se precisar de alguém para contar uma história ou conversar, este é o nosso canal!

contato@cenadocrime.com